terça-feira, 27 de maio de 2008

Terremoto e Fotografia



O que poderia sugerir o título desta postagem? Não é nenhuma dica de como se fotografar terremotos ou coisa parecida, mas sim uma pausa para reflexão de como as imagens fotográficas podem nos fazer refletir com mais propriedade, e perceber a grandeza do desastre que aconteceu na China. O tremor atingiu inimagináveis 7,9 graus de magnitude.

"
Nesta terça-feira, o número oficial de mortos no terremoto chegou a 67.183 e os desaparecidos totalizavam 20.790.", diz a nota do Estadão de hoje.

Quando vi estas imagens, atrapés do link do Estadão, indicado pelo amigo jornalista Marcos Rosa, fiquei realmente impressionado com o impacto das imagens, isto que vemos muitas imagens diariamente e eu ainda mais por força da profissão. Longe das imagens da tv, tão velozes que estamos prestes a achar que tais acontecimentos são normais, como qualquer outra notícia dada com o mesma pressa e com a mesma falta de informação, e o que é pior, falta de identidade, imagens compradas veiculadas por todos os canais. Nada de novo? Novo é o desastre, que passa a ter uma nova percepção graças aos incansáveis fotojornalistas carregadores de piano!!
As imagens foram feitas pela AP (Associated Press). Mais imagens no link abaixo:

www.estadao.com.br/interatividade/Multimidia/
ShowGaleria.action?idGaleria=702

Um comentário:

Diogo Souza disse...

A bandeira em movimento em toda esta destruição é de se dramatizar ainda mais.

Muito boa imagem!

Tamo junto,
abraços!

http://www.orgulhocwb.blogspot.com