quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O áudio, algo além da música

No post de hoje eu gostaria de chamar a atenção daqueles que já estão editando, ou que ainda vão editar, seus tabalhos para participar da Mostra Caixola. Uma das constatações que ficaram mais evidentes diante dos trabalhos inscritos na edição 2007 foi a utilização do áudio na forma musical somente. Esta é grande dica para este ano, o áudio pode e deve ser trabalhado com as suas mais interessantes possibilidades como o som ambiente (o ruído de carros, ônibus, pessoas, etc.), uma voz derivada de uma captação indireta ou de uma entrevista, (recurso que humaniza bastante a narrativa), um depoimento do próprio autor, (como muitas vezes percebemos nas apresentações daquela que é a nossa grande referência, a Magnum in Motion) e o próprio silêncio.
Acho importante destacar que ao usar músicas conhecidas pode-se enfrentar basicamente dois problemas, primeiro a questão de direitos autorais, que são de responsabilidade de cada participante, e segundo, estas músicas "famosas" são bastante deterministas na formatação da apresentação, que ao me ver, acabam atrapalhando o autor. Ao ouvir uma música, muitas pessoas criam suas imagens e isto pode confrontar-se com o que é visto!!!!!
Para exemplificar melhor, em algumas saídas que fizemos com o nosso grupo do Núcleo Audiofotográfico, enquanto alguns fotografavam os temas pré-determinados outros captavam com um microfone e um gravador digital os sons dos ambientes e das ações que estavam ou não sendo registradas pelas imagens. Este será um dos fatores, um dos critérios, em que a comissão de julgamento será orientada a ficar atenta, para que a cada edição possamos nos aproximar de um modelo de apresentação certo cunho jornalístico e documental, pelo viés da narrativa. Pensamos já, que esta busca por um padrão pode inclusive nos levar a categorizar o evento, para que outras possibilidades e formas venham ter o seu espaço e valor dentro da mostra.
Mais sobre esta e outras questões podem ser consultadas no artigo A busca de um novo sentido para o ver e o ouvir na construção audiofotográfica, escrito por mim e pela Prof. Mônica Kaseker, disponível no site do projeto:

www.mostracaixola.com/evento.html

Abraço,

André

2 comentários:

Leonardo Quintana disse...

Boa sorte pra quem está forte na tentativa!

A dica tá forte aí.

Léo

Dani disse...

O link do artigo não funciona...